segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Detran/RN notifica cerca de 500 condutores com 20 ou mais pontos na CNH


Cerca de 500 condutores do Rio Grande do Norte devem ter o direito de dirigir suspenso por motivo de ter atingido 20 ou mais pontos relativos à infração de trânsito no período de 12 meses. A instauração do processo administrativo de suspensão do direito de dirigir juntamente com a relação nominal dos motoristas foi divulgado pelo Detran/RN no Diário Oficial do Estado (DOM). Agora os condutores notificados têm até o dia 28 deste mês para apresentar sua defesa no sentido de tentar reverter a punição.

A Direção Geral do Detran/RN explicou que a notificação via DOM se fez necessária devido as várias tentativas de deixar o condutor ciente do fato por meio de remessa postal não alcançarem sucesso. Nesse caso, o condutor relacionado na instauração de processo administrativo que quiser apresentar justificativa tem que interpor a defesa encaminhando a mesma escrita, datada, assinada e acompanhada de documento de identificação civil com assinatura para a Direção Geral do Órgão.

A defesa deve ser protocolada no setor de Impedimentos e Liberações do Detran Sede (Cidade da Esperança, Natal-RN), nas Ciretrans ou nas Centrais do Cidadão distribuídas no Estado. Pode ainda ser enviada pelo correio para o Detran/RN, no endereço: Avenida Perimetral Leste, 113, bairro de Cidade da Esperança, Natal/RN. Ao fim do prazo sem a apresentação da defesa por parte do condutor o processo será julgado a revelia.

O condutor julgado culpado por motivo de alcançar 20 pontos ou mais na CNH por registro de infrações fica impossibilitado de conduzir veículo automotor por um período de seis meses a um ano. Se for constatado que houve reincidência no tempo de 12 meses a punição é ampliada de oito meses até dois anos. Outro ponto é que o condutor deve passar por um curso de reciclagem.

Quando ocorre a suspensão do direito de dirigir a CNH do condutor infrator é retida, sendo somente devolvida após cumprida a penalidade e o curso de reciclagem. No caso específico do prazo da penalidade imposto pelo órgão de trânsito, o mesmo só começa a vigorar no momento em que a CNH do condutor for registrada pelo Detran/RN como retida.

A lista nominal dos condutores notificados pode ser consultada no site do Detran/RN (www;detran.rn.gov.br) ou clicando AQUI.

Assessoria de Comunicação Detran/RN

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Secretaria de Tributação do RN divulga valores do IPVA 2017

Trânsito ficou lento na pista principal da BR-101, em Natal (Foto: Klênyo Galvão/ Inter TV Cabugi)
Foto de Klênio Galvão - Portal G1RN

Os valores do IPVA 2017 foram divulgados pela Secretaria Estadual de Tributação nesta quinta-feira (29) no Diário Oficial do Rio Grande do Norte. A cobrança do imposto começa em 9 de março, pode ser parcelada em 5 vezes e quem optar pela cota única tem desconto de 5% se pagar dentro do prazo estabelecido.

Clique aqui para consultar a tabela de valores para cada marca e modelo de veículo. De acordo com a Secretaria de Tributação, os modelos que não constam na tabela serão incluídos em 2017.

Calendário

A cobrança do IPVA começa no dia 9 de março. Na tabela abaixo, os números finais das placas determinam as datas para pagar a primeira parcela ou cota única do tributo. Os vencimentos são de acordo com o número final da placa do veículo. Confira o cronograma de pagamento para veículos terrestres:

Final da placaCota única1ª cota até2ª cota até3ª cota até4ª cota até5ª cota até
109/0309/0312/0411/0519/0613/07
210/0310/0313/0412/0520/0614/07
310/0410/0409/0513/0611/0710/08
411/0411/0410/0514/0612/0711/08
505/0505/0509/0607/0708/0813/09
608/0508/0512/0610/0709/0814/09
707/0607/0605/0704/0811/0909/10
808/0608/0606/0707/0812/0910/10
903/0703/0702/0804/0905/1007/11
004/0704/0703/0805/0906/1008/11

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Carteira de motorista terá novo modelo no Brasil; veja as mudanças


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a mudança do modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com o intuito de impedir falsificação e adulteração do documento. Os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran) têm até 31 de dezembro deste ano para cumprirem a medida e incluir os dispositivos de segurança. 

Os certificados de Registro de Veículo e de Licenciamento de Veículo (CRV e CRLV) também terão modificações como numeração sequencial com 12 dígitos, em impressão eletrônica por impacto e fundo numismático duplex incorporando Brasão da República, mapa do brasil e as palavras "Contran" e "Denatran".

Na CNH há inclusão de dois números de identificação nacional - Registro Nacional e Número do Espelho da CNH - e um número de identificação estadual, que é o número do formulário RENACH (Registro Nacional de Carteira de Habilitação). Além disso, haverá o mapa do estado e guilhoche (micro padrões geométricos) e brasão em calcografia, que é uma técnica de impressão com chapa de metal.

Os motoristas, contudo, não precisarão trocar seu documento atual, caso ele ainda seja válido. A mudança será gradual, conforme os cidadãos renovem a carteira.

CONFIRA OS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA

CARTEIRA DE HABILITAÇÃO

Brasão em calcografia
Fundo geométrico em positivo com textos incorporados, micro letras positivas e negativas com falha técnica em calcografia
Mapa do Estado e guilhoche negativo em calcografia
Imagem secreta com a sigla BR
Fundo numismático duplex com Brasão da República incorporado e efeito íris
Tarja geométrica positiva e distorcida
Sigla do Estado em tinta prata fluorescente
See-through (transparência)
Fundo numismático duplex com mapa do Brasil em geométrico, micro letras incorporadas e efeito íris
Papel de segurança especial marca d'água Denatran
Holografia
Fio de micro letras com falha técnica em calcografia
Imagem secreta com a sigla CNH
Numeração tipográfica fluorescente
Guilhoche negativo com imagem latente e micro letras positivas e negativas com falha técnica em calcografia
Rosácea positiva com micro letras negativas
Micro letras positivas e distorcidas duplex com falha técnica
Tinta prata fluorescente
Tinta de variação ótica
Fundo geométrico

CERTIFICADO DE REGISTRO E LICENCIAMENTO (CRLV)

Microtexto negativo das expressões "Denatran" e "Contran" em calcografia cilíndrica
Impressão com tinta especial do mapa do Brasil que muda de cor, de acordo com a visualização do documento.
Tarja vertical contendo guilhoche negativo com textos vazados "Contran", "Denatran" e a sigla do estado (ou DF) em calcografia cilíndrica
Microtexto positivo e negativo da expressão "República Federativa do Brasil" em calcografia cilíndrica
Efeito duplo íris, com resultado visual azul, ocre e verde
Fundo geométrico positivo distorcido do lado esquerdo do documento
Tarja vertical contendo guilhoche negativo em calcografia cilíndrica
Frase "Documento válido somente para transferência. Guardar em local seguro" incorporada ao fundo numismático duplex
Impressão eletrônica por impacto de código de barras personalizado na produção gráfica do CRV
Fio geométrico em tinta especial
Fundo numismático duplex incorporando Brasão da República, mapa do brasil e as palavras "Contran" e "Denatran"
Numeração sequencial com 12 dígitos, em impressão eletrônica por impacto
Tarja horizontal contendo guilhoche negativo com textos vazados "República Federativa do Brasil" e "Ministério das Cidades" em calcografia cilíndrica

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Policiais do 3º DPRE realizam ação solidaria e proporcionam Natal feliz para família carente em Caicó


Em meio a tanta violência, insegurança, descrença da população nas suas instituições, um ato de muita nobreza proporcionada por uma guarnição policial chamou a atenção de todos que cultivam o bem na região do Seridó, ato que repercutiu em todo o estado.

Três policiais militares pertencentes ao 3º Distrito de Policia Rodoviária Estadual resolveram destacar um tempo durante o serviço do dia de Natal e foram até um supermercado local, fizeram algumas compras e foram até o bairro João Paulo II, tido com um dos mais carentes da cidade de Caicó. Os PMs procuraram a residencia de uma família que recentemente passou por uma grande tragédia, a mãe de 11 filhos acabou matando a golpes de faca seu companheiro, deixando assim todos seus filhos órfãos de pai e também dela própria, uma vez que a mesma foi presa.

As compras foram deixadas na residência com as crianças e familiares que tomam conta deles no momento. Sem dúvida um momento de muita emoção para todos que puderam acompanhar o ato nobre desses guerreiros que todos os dias zelam por nossas vidas.

Que possamos também valorizar os nosso defensores e olhar para essa família carente que tanto sofre no momento.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Projeto Educação de Trânsito nas Escolas capacita mais de 300 alunos no RN


O Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) formou, nesta quarta-feira (14), mais 343 alunos no projeto ‘Educação de Trânsito nas Escolas’. Desta vez as aulas aconteceram na Escola Municipal Dona Mariquinha, em Goianinha.

Durante os dois meses do curso, os estudantes – que eram do 3º ao 5º ano – receberam instruções gerais sobre o que é o trânsito; como o pedestre deve se comportar no trânsito; equipamentos de segurança obrigatórios; como utilizar corretamente a faixa de pedestres; Lei Seca; e os malefícios da mistura de álcool e direção.

Para o tenente Arthur Diniz, do 5º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), o projeto vai possibilitar uma geração futura mais responsável no trânsito. “O projeto tem como missão fazer com que as crianças sejam multiplicadoras da cultura do respeito às leis de trânsito, bem como se tornem adultos educados e de exemplar comportamento, não só no em relação ao trânsito, já que no projeto é passada a importância do respeito de forma geral”, destacou.

Saiba mais

Criado em 2011, na cidade de Caicó, o projeto “Educação de Trânsito nas Escolas” atende crianças de 8 a 12 anos que estudam em escolas de ensino fundamental com atividades educativas sobre trânsito. Nas escolas são ministradas palestra com base em uma cartilha contendo aulas teóricas e práticas. Atualmente o Projeto já existe em 5 'distritos’ – Natal, Caicó, Mossoró, Pau dos Ferros e Nova Cruz. Eles são responsáveis pelas aulas ministradas em municípios vizinhos.



- See more at: http://www.defesasocial.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=135597&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA#sthash.4CLequri.dpuf

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Com aula prática 3º DPRE conclui projeto educativo em Ipueira


Policiais Rodoviários Estaduais pertencentes ao efetivo do 3º DPRE em Caicó, concluíram mais uma etapa do projeto "Educação de Trânsito na Escola" na região do Seridó. Dessa vez Crianças do município vizinho de Ipueira realizaram a sua aula prática nas ruas da cidade podendo colocar em ação tudo aquilo que aprenderam com os instrutores em sala de aula.

Foram atendidas 138 crianças de 8 a 12 anos do 3º ao 6º ano.

Como na cidade não tem uma única faixa de pedestres, os Instrutores Sd Noedyson e Flábio improvisaram uma faixa emborrachada na pista, deixando essa orientação ao gestor municipal para que possa o mais breve possível pintar uma faixa na cidade, que sem dúvida servirá a toda a coletividade.



Para o Major Silva Neto, idealizador e coordenador do projeto no estado do RN, a expansão para cidades como Ipueira é de muita valia, já que por se tratar de um município de pequeno porte a cultura local é de não aceitação as regras de trânsito, e o projeto acaba deixando esse legado para todos os munícipes.

CPRE e 9º BPM realizam Operação Motociclo na zona Oeste de Natal


O Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), por meio do 1º DPRE, em parceria com o 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), realizou nesta quinta-feira (10) a Operação Motociclo, com abrangência aos veículos de duas rodas, no bairro do Planalto, na zona Oeste de Natal, com o objetivo de fiscalizar pendências administrativas, registro de roubo ou furto, adulterações e irregularidades. 

Na ocasião, foram montadas barreiras fixas além da realização do patrulhamento motorizado com a abordagem a 27 veículos de duas rodas entre motoneta e motocicletas, como também três automóveis, que mesmo não sendo prioridade na operação também foram vistoriados, resultando na confecção de 12 Autos de Infração de Trânsito. 

A Operação Motociclo tem como meta reduzir o número de acidentes provocados pela má condução de veículos e vem se intensificando com a realização de blitz e a fiscalização no interior do Estado, proporcionando a segurança nas rodovias estaduais.

Projeto Educação de Trânsito nas Escolas forma mais 115 alunos em Natal


O Projeto “Educação de Trânsito nas Escolas”, coordenado pelo Comando de Polícia Rodoviária Estadual tem-se expandido para mais cidades do Rio Grande do Norte. Na manhã desta sexta-feira (11), os novos beneficiados pelas ações do projeto foram os alunos do Colégio Master, localizado na Av. Aírton Sena, no Bairro Neópolis, na zona Sul de Natal. 

“A atividade desenvolvida na capital pelo 1º DPRE, ao longo de dois meses de curso, capacitou 115 alunos do Colégio Master. Um orgulho para todos nós que atuamos e acreditamos na prevenção!”, disse o Tenente Coronel Kennedy, Chefe Operacional do CPRE. 

O diretor do Colégio, o professor Maurício Herculano, agradeceu ao sargento PM Araújo, que foi o instrutor do projeto na escola e elogiou os policiais do RN. "O Projeto Educação de Trânsito nas Escolas no Rio Grande do Norte é um modelo nacional. Nossos policiais do RN merecem os aplausos. E esse projeto realmente funciona"

Criado em 2011, na cidade de Caicó, através de uma iniciativa do comandante do 3º DPRE o Major Silva Neto o projeto “Educação de Trânsito nas Escolas” atende crianças de 8 a 12 anos que estudam em escolas de ensino fundamental com atividades educativas sobre trânsito. Nas escolas são ministradas palestra com base em uma cartilha contendo aulas teóricas e práticas. Atualmente, o projeto existe em 5 'distritos' – Natal, Caicó, Mossoró, Pau dos Ferros e Nova Cruz. 

Participaram da formatura, o Chefe de Operações do CPRE, Tenente Coronel Kennedy, Comandante do 1º DPRE, Major Josemário, entre outros militares, além de professores e pais.

SESED RN

domingo, 6 de novembro de 2016

Projeto Educação de Trânsito na Escola ganha nova cartilha


O projeto "Educação de Trânsito na Escola", idealizado pelo comandante do 3º DPRE em Caicó, o major Silva Neto, ganhou uma nova cartilha educativa. O projeto que hoje está institucionalizado no âmbito da policia militar do RN ganha corpo e forma crescendo a cada dia que passa, ultrapassando fronteiras chegando hoje a ser desenvolvido além do Seridó também na grande Natal.

Tendo o apoio do setor de educação do DETRAN o projeto apresenta sua 4ª edição da cartilha de trânsito, que com isso se atualiza com novas instruções para as crianças que são beneficiadas com as aulas ministradas pelos policias através desse material.

A cartilha foi confeccionada pelos policias Noedyson e Daywison, que atuam na cidade de Caicó, polo inicial de desenvolvimento do projeto, que desde 2011 já atendeu mais de 5000 crianças do ensino fundamental.

Clique AQUI  e confira o novo material educativo!

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Habilitação será cobrada para condutor de "Cinquentinha" a partir de Novembro

Resultado de imagem para cinquentinhas

O prazo está acabando. Daqui a uma semana, quem for pego dirigindo moto de 50 cilindradas sem carteira vai pagar multa. A medida já foi anunciada e adiada duas vezes este ano pelo Conselho Nacional de Trânsito. Agora, a fiscalização das chamadas "cinquentinhas" é para valer.

Muitas pessoas compraram motos de 50 cilindradas se valendo do fato de não ser preciso a carteira pra pilotar, a fiscalização das policias era feita apenas na nota fiscal (inicialmente) e depois no emplacamento (que passou a ser exigido). Com essa novidade os usuários desse tipo de veículo terão que se preocupar além do registro de também se habilitar para fazer uso da mesma.

Para continuar circulando de “cinquentinha”, os condutores terão que obter a ACC - Autorização para Conduzir Ciclomotor - ou uma carteira de habilitação categoria "A", para motos.

O tempo de autoescola para tirar a ACC é menor, assim como o número de acertos exigidos na prova do Detran.

sábado, 22 de outubro de 2016

Som que pode ser ouvido do lado de fora do carro será infração grave, autuação não necessitará de decibelímetro



O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou, nessa quarta-feira (19), três novas resoluções que regulamentam autuações para som automotivo, transporte coletivo de passageiros e requisitos de segurança para veículos que transportam presos. 

A norma nº 624 determina a autuação do condutor que for pego com som automotivo audível pelo lado externo do veículo, com volume ou frequência que perturbe o sossego público, em vias terrestres de circulação.

Nesse caso, o agente de trânsito deverá registrar, no campo de observações do auto de infração, a forma de constatação do fato. A ação será considerada grave e acrescida de mais cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), conforme estabelece o art. 228 do Código de Trânsito Brasileiro.

A medida faz exceção a ruídos produzidos por buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha a ré, sirenes pelo motor e demais componentes obrigatórios do próprio veículo.

Também não estão incluídos na decisão, os veículos prestadores de serviço com emissão sonora de publicidade, divulgação, entretenimento e comunicação, desde que estejam autorizados por órgão ou entidade competente, além de veículos de competição e os de entretenimento público, que estejam permitidos a utilizar o som específico em locais apropriados ou de apresentação estabelecidos pelas autoridades competentes.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

CPRE realiza Projeto Educação de Trânsito nas Escolas em Goianinha


Profissionais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) designados para atuarem no Projeto 'Educação de Trânsito nas Escolas' realizaram nesta quinta-feira (13) com a participação de alunos da Escola Dona Mariquinha, na cidade de Goianinha, uma simulação da blitz da Lei Seca nas diversas salas de aula da unidade.

A ação faz parte do projeto educacional da Polícia Militar que visa ajudar no processo de aprendizagem de crianças e adolescentes para formação de cidadãos conscientes de seus direitos e obrigações no trânsito. Um total de 150 estudantes foram beneficiados com a atividade.

Durante a ação, estudantes vestidos de policiais militares orientavam seus colegas sobre as normas de trânsito e os cuidados com os equipamentos de proteção tais como cinto de segurança, capacetes, cadeirinhas para bebês e o alerta para a não mistura de alcool com direção. A proposta tem como objetivo tornar os alunos multiplicadores destes conhecimentos em suas residências e assim reduzir acidentes de trânsito no RN.

Projeto ‘Educação de Trânsito nas Escolas’ é realizado na zona Norte de Natal

Resultado de imagem para projeto educação de transito na escola

Nesta quarta-feira (19), profissionais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) que atuam no Projeto 'Educação de Trânsito nas Escolas' ministraram atividades preventivas para cerca de 80 crianças do bairro Potengi, zona Norte de Natal.

Policiais estiveram no turno da manhã, na Escola Estadual 15 de Outubro. Foram realizadas atividades preventivas sobre a importância do uso correto da faixa de pedestres e os cuidados ao atravessá-la, inclusive com a simulação de algumas situações.

Durante as atividades educativas, são apresentados aos estudantes, geralmente da 3ª a 6ª séries, conhecimentos na área da legislação de trânsito. Eles também confeccionam placas de sinalização que ajudam no processo de aprendizagem para formação de cidadãos conscientes de seus direitos e obrigações no trânsito.

Justiça libera aplicação de multas por farol desligado em rodovia sinalizada

EPVL (DF-087), rodovia que passa por Vicente Pires (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

Órgãos de trânsito de todo o país estão autorizados a retomar a aplicação de multas para motoristas que trafegarem por rodovias com o farol desligado, nas estradas em que houver sinalização clara sobre o assunto. Um ofício com o novo entendimento foi enviado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) aos órgãos locais nesta quarta-feira (19).

Na prática, isso significa que as multas podem ser aplicadas sempre que não houver "ambiguidade" sobre a necessidade do farol – nas estradas em área rural e nos trechos urbanos que estiverem devidamente sinalizados, por exemplo. Alguns órgãos, como o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), já retomaram a fiscalização.

Em 2 de setembro, a Justiça suspendeu a cobrança sob o argumento de que, muitas vezes, os motoristas confundiam as rodovias com ruas e avenidas que compõem a malha urbana. A decisão não anulou as multas que já tinham sido aplicadas.

Em julho, a Secretaria de Transportes de São Paulo emitiu nota informando que as marginais Pinheiros e Tietê, por exemplo, não são rodovias. No Distrito Federal, é preciso acender farol durante o dia no Eixo Rodoviário (Eixão), uma das principais vias do centro de Brasília.

O Denatran não emitiu regras específicas sobre a sinalização que deverá ser aplicada. A princípio, as placas devem seguir o mesmo padrão que já é adotado para outros avisos em rodovias, como a delimitação dos trechos sob concessão (onde é cobrado pedágio).

Na Justiça

A decisão judicial que restaurou a multa foi emitida no último dia 7, quando o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) negou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU). Ao avaliar o caso, o desembargador Carlos Moreira Alves concordou com a suspensão da multa onde houver dúvida, mas abriu espaço para a cobrança nos demais trechos.

"A decisão agravada não impede a aplicação de sanções [...] nas rodovias que possuam
sinalização que as identifique como tais, [...] mas tão só naquelas em que, por se entremearem com os perímetros urbanos das cidades que atravessam, a sinalização deve ser tal que lhes permita saber, sem possibilidade de dúvida razoável, que se encontram em uma rodovia", dizia a decisão.

Lei polêmica

A lei federal entrou em vigor em 8 de julho e determina que o farol seja usado em todas as rodovias, mesmo durante o dia. O descumprimento é considerado infração média, com 4 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 85,13. Em novembro, o valor deve subir para R$ 130,16.

No primeiro mês de validade da regra, entre 8 de julho e 8 de agosto, a Polícia Rodoviária Federal registrou 124.180 infrações nas rodovias federais. Nas estradas estaduais de São Paulo, outras 17.165 multas foram aplicadas. No Distrito Federal, as multas superaram em 35% o número de autuações por estacionamento irregular.


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Multa de trânsito poderá ser substituída por serviço comunitário


Tramita na Câmara dos Deputados o PL 5.728/16 que prevê a prestação de serviço comunitário como pena alternativa à multa de trânsito. A proposta altera o artigo 256 da lei 9.503/97, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.

Atualmente, as punições previstas no Código são advertência por escrito, multa, suspensão do direito de dirigir, apreensão do veículo, cassação da carteira de motorista, cassação da permissão para dirigir e participação obrigatória em curso de reciclagem.

A prestação de serviço comunitário prevista no projeto de autoria do deputado Federal Carlos Bezerra seria realizada em entidade de atendimento a vítimas de acidentes de trânsito.

Segundo o texto, nos casos em que for aplicada multa, o infrator poderá requerer a sua substituição pela prestação de serviço, de acordo com normas e critérios a serem definidos pelo Contran.

Alternativa

Na justificação do projeto, Bezerra afirma que, com o intuito de reduzir o número de acidentes no país, o legislador optou pela ampliação das penalidades aplicadas às infrações de trânsito e pelo aumento do valor das multas.

"O que tem acontecido é que sua função educativa está em segundo plano, perdendo implacavelmente para os recursos milionários hoje arrecadados", avalia.

Nos últimos anos, afirma, esses órgãos apertaram a fiscalização e implantaram milhares de aparelhos eletrônicos, que levaram ao crescimento significativo da quantidade de multas aplicadas. Na contramão, os motoristas multados muitas vezes não conseguem pagar os valores devidos e, consequentemente, ficam sem renovar o licenciamento do veículo.

"Essa alternativa pode, de um lado, aliviar a situação financeira do infrator e possibilitar a regularização da documentação do veículo e, de outro, contribuir efetivamente para a conscientização desses cidadãos quanto aos riscos da condução de veículos em desacordo com as normas de trânsito."

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Projeto educativo de trânsito criado em Caicó chega a capital do estado


Nesta terça-feira (27), profissionais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) designados para atuarem no Projeto 'Educação de Trânsito nas Escolas' ministraram atividades preventivas para crianças dos bairros Potengi e Alecrim em Natal. 

Policiais do 1º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (1º DPRE) estiveram no turno da manhã na Escola Municipal José do Patrocínio, no bairro Potengi, onde atenderam cerca de 65 crianças das 3ª e 4ª séries. No Alecrim, as atividades acontecem em dois turnos no Colégio Dom Marcolino, onde 80 crianças foram beneficiadas com ações preventivas. 

Durante as atividades educativas, são apresentados aos estudantes, geralmente da 3ª a 6ª séries, conhecimentos na área da legislação de trânsito. Além disso, as crianças participam de simulações em faixas de pedestres e confeccionam placas de sinalização que ajudam no processo de aprendizagem para formação de cidadãos conscientes de seus direitos e obrigações no trânsito.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Projeto “Educação de Trânsito nas Escolas” chega nas cidades de Ipueira e São João do Sabugi


O projeto “Educação de Trânsito nas Escolas”, coordenado pelo 3º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (3º DPRE), a cada ano tem sido expandido para mais cidades do Rio Grande do Norte. Desta vez, em setembro, os novos beneficiados pelas ações do projeto são os alunos de escolas dos municípios de São João do Sabugi e Ipueira, na região Seridó do RN. 

Criado em 2011, na cidade de Caicó, o projeto “Educação de Trânsito nas Escolas” atende crianças de 8 a 12 anos que estudam em escolas de ensino fundamental com atividades educativas sobre trânsito. 

Nas escolas são ministradas palestra com base em uma cartilha contendo cinco aulas teóricas. No final dos encontros, os policiais fazem uma aula prática nos centros das cidades. 


A equipe do 3º DPRE elaborou uma nova versão da cartilha do projeto. Também uma nova turma de instrutores foi formada em agosto e, durante o curso, foi assinada a portaria que institucionaliza o projeto em todo o estado. Agora, existem 5 'distritos' – Natal, Caicó, Mossoró, Pau dos Ferros e Nova Cruz. 

"O projeto é uma saída a médio e longo prazo de forma preventiva para amenizar os acidentes de trânsito. Tudo o que as crianças aprendem nas aulas, elas acabam multiplicando para os pais. Inclusive, nós imprimimos e entregamos as cartilhas para as crianças", destacou o major Silva Neto, comandante do 3º Distrito do CPRE.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Policiais de todo o Estado realizam estágio em Caicó para integrarem o projeto Educação de Trânsito na Escola



A cidade de Caicó inova em Educação de Trânsito e vem a cerca de 5 anos sendo exemplo em todo o Rio Grande do Norte.

Desde 2011 um grupo de Policiais Militares sob a supervisão do Major Silva Neto, comandante do 3º DPRE em Caicó, realizam um trabalho nas escolas para crianças de 8 a 12 anos do ensino fundamental. Eles criaram uma Cartilha Educativa contendo 5 aulas teóricas que são ministradas aos alunos contemplados. 

No final das aulas, os policiais fazem uma aula prática em algum ponto da cidade, preferencialmente numa faixa de pedestres. Inclusive em cidades que não dispunham desse dispositivo, como São Fernando e Timbaúba dos Batistas, o executivo municipal criou as mesmas pela primeira vez na história dos respectivos municípios, sendo portanto um legado deixado pelo projeto.

Já foram atendidas mais de 5 mil crianças em várias cidades do Seridó, como Jucurutu, Jardim do Seridó, Parelhas, Cruzeta, Ouro Branco, entre outras.


Vendo portanto essa repercussão positiva e o quanto tem deixado de perspectivas para um futuro melhor no trânsito de nossas cidades, com a formação de crianças que serão os condutores do amanhã, o Comandante do CPRE, coronel Elias, assinou no mês de Julho a Portaria 009/2016, institucionalizando o projeto educativo, visando expandir o mesmo para todos os Distritos. Com isso, uma ideia criada na capital do Seridó, passa a ser agora executada em todas as regiões do estado.

No mesmo dia da assinatura da portaria foi realizado em Natal um mini curso preparatório para instrutores dos distritos pertencentes ao CPRE, que serviu como a 1ª etapa dessa expansão, ficando a parte prática a ser realizada em Caicó.


Dando continuidade durante essa semana, de 15 a 17 de agosto será realizado em Caicó o 1º estágio (2ª etapa) com os novos instrutores de Natal, Mossoró, Pau dos Ferros e Nova Cruz. Onde o major Silva Neto irá dar instruções teóricas na sede do 3º DPRE e após as primeiras instruções os policiais irão juntamente com a equipe de Caicó participar de duas manhãs inteiras de atividades no Educandário Santa Teresinha. Os policiais depois de capacitados, irão pras suas cidades implementar o projeto Educação de Trânsito na Escola, que de fato e de direito passa  a ser realidade no solo potiguar.

Para o major Silva Neto é nada mais que um sonho que se materializa diante dos seus olhos, uma ideia que surgiu e que foi implementada com muita luta, com muitas negativas e obstáculos, mas que agora cresce, ganha corpo e mostra que a perseverança e a educação continuam sendo as armas para um futuro melhor em nosso país.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

PRF registra baixa significativa de número de acidentes após implantação da lei do farol aceso nas rodovias


A exigência de uso do farol baixo durante o dia nas rodovias de todo o Brasil completou um mês nesta segunda-feira (8) e somente em rodovias federais foram mais de 124 mil flagrantes de desrespeito à legislação. 

Ver e ser visto – Durante o mesmo período (8 de julho a 8 de agosto), a PRF registrou 117 acidentes do tipo colisão frontal durante o dia e em pistas simples, número 36% menor comparado aos 183 registrados no mesmo período de 2015. Nestes acidentes, 39 pessoas morreram e 67 ficaram gravemente feridas, números respectivamente 56% e 41% menores quando comparados ao mesmo período do ano passado em que houve 88 óbitos e 113 feridos graves. 

Os números também apontam redução de 34% nos atropelamentos. Foram 86 contra 131 no mesmo período do ano passado, considerando apenas os acidentes ocorridos durante o dia em rodovias federais. Nestes atropelamentos, houve queda no número de mortos - 10 óbitos em 2016 e 16 em 2015 - e de feridos graves - 43 feridos graves em 2016 e 63 em 2015.

Fonte: Ascom PRF

sábado, 30 de julho de 2016

3º DPRE e equipe do CPRE realizam operação Zero Álcool durante festejos na Festa de Santana em Caicó



A polícia militar através do 3º DPRE/CPRE realizou na madrugada desta sexta-feira 29 de julho, mais uma Operação Zero Álcool. A ação ocorreu no município de Caicó/RN e teve por finalidade garantir a segurança durante os festejos da Padroeira Santana. Na ocasião, foram montadas barreiras e aplicados 177 testes com o etilômetro. 12 condutores se recusaram a realizar o teste sendo autuados e vindo a ter a CNH recolhida. 08 condutores tiveram resultado positivo para a ingestão de bebida alcoólica, 02 destes atingiram o limite criminal é foram conduzidos a DP. Foram recolhidas 18 cnhs e lavrados 24 autos de infração. 01 motocicleta foi removida.


As ações continuaram na noite/madrugada de sexta para sábado 30 de Julho. A ação ocorreu teve por finalidade garantir a segurança durante os festejos da Padroeira Santana. Na ocasião, foram montadas barreiras e aplicados 87 testes com o etilômetro. 08 condutores se recusaram a realizar o teste sendo autuados e vindo a ter a CNH recolhida. Dois (02) condutores que foram submetidos ao teste obtiveram resultado abaixo do criminal e foram autuados administrativamente e, 01 (um) condutor obteve resultado positivo para a ingestão de bebida alcoólica (0,76 mg/l) e 01 foi submetido ao TCE, ambos conduzidos a DP. Foram recolhidas 08 cnhs e lavrados 17 autos de infração.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

47 CNHs recolhidas e 15 condutores presos por embriaguez ao volante durante a vaquejada de Currais Novos


Policiais do CPRE com o apoio do policiamento do 2º GPRE/3º DPRE (Currais Novos) realizaram nas madrugadas da última sexta e sábado na referida cidade a operação “Álcool Zero”, em virtude dos festejos da vaquejada naquele município. Na ocasião, foram abordados cerca de 796 veículos, tendo como resultado 15 (quinze) condutores presos por estarem conduzindo sob a influência de álcool, 47 carteiras de habilitação recolhidas, havendo sido confeccionados mais de 60 autos de infração de trânsito. 

Durante a ação também realizou-se abordagens a pessoas e veículos com o intuito de apreender armas e drogas, toda via nada foi encontrado. Na operação foi constatado o grande número de pessoas que utilizaram o serviço de táxi e moto-táxi, o que demonstra a eficiência da operação quanto os efeitos nocivos causados pela combinação álcool e direção.



Grande parte da população agradeceu a ação da Polícia Militar, trabalho esse que ficou evidenciado positivamente no número minimo de acidentes que ocorreram durante os festejos.

A coordenação dos trabalhos ficaram a cargo do Capitão Charlesson, natural da cidade de Caicó, que assumiu o comando da operação Álcool Zero depois da saída do Capitão Styvenson.

Fotos de Adailson Carlos

terça-feira, 12 de julho de 2016

Quase 15 mil motoristas são multados por não ligar farol baixo de dia em poucos dias da nova lei


Entre os dias 8 e 11 últimos, 14,9 mil motoristas foram multados em estradas federais porque não acenderam de dia o farol baixo José Cruz/Agência Brasil

Nos quatro primeiros dias de vigência da lei que obriga os veículos a circular com o farol baixo aceso em estradas federais durante o dia, cerca de 14,9 mil motoristas foram autuados por descumprirem a norma em rodovias federais. O balanço foi divulgado hoje (12) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e contabiliza as multas aplicadas entre sexta-feira (8) e segunda-feira (11)

A lei n° 13.290/2016 entrou em vigor no último dia 8. O motorista flagrado com as luzes apagadas comete infração média e recebe quatro pontos na carteira de habilitação, além de multa de R$ 85,13.

De acordo com a PRF, os dados de infrações são preliminares, uma vez que o agente tem o prazo de até 5 dias para fazer o registro no sistema e o fechamento ocorre após 30 dias. Na avaliação da PRF, o número de infrações aplicadas tende a cair com o passar dos dias devido ao trabalho educativo e à medida em que os condutores se acostumem com a lei e adquiram o hábito de ligar o farol.

Mais segurança

O objetivo da legislação é aumentar a segurança nas estradas e contribuir para a redução de acidentes frontais. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), estudos mostram que a presença de luzes acesas reduz entre 5% e 10% o número de colisões entre veículos durante o dia.

O uso de faróis durante o dia permite que o veículo seja visualizado a uma distância de 3 quilômetros por quem trafega em sentido contrário, de acordo com a PRF. A maioria das colisões frontais é causada pela não percepção do outro veículo por parte do motorista a tempo de reagir para evitar o acidente ou pelo julgamento errado da distância e velocidade do veículo que trafega na direção contrária em casos de ultrapassagem.

Faróis de LED

O farol baixo não pode ser substituído por farol de milha, farol de neblina ou farolete. Já o uso de faróis de rodagem diurna (DRL - Daytime Running Light), ou faróis de LED, também é válido, segundo o Denatran. O DRL é um filamento de luzes de LED presente em veículos mais modernos e acionado automaticamente quando o carro é ligado. Os motoristas de carros com esse dispositivo não precisam ligar o farol baixo.

Manter os faróis acesos em luz baixa durante o dia já era obrigatório para ônibus em faixas próprias e para motocicletas. Também é obrigatório para todos os veículos em túneis.

Agência Brasil

sábado, 9 de julho de 2016

CPRE ASSINA PORTARIA QUE INSTITUCIONALIZA O PROJETO EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO NAS ESCOLAS PARA TODO O RN



Na manhã desta quinta-feira (07) o Comandante do CPRE assinou uma portaria que institucionalizou o projeto Educação de Trânsito nas Escolas para todo o RN, esse projeto foi criado em Caicó pelo Major Silva Neto e já formou mais de 5.000 alunos nas escolas públicas e privadas do Seridó. 

Coronel Elias, Comandante do CPRE, está virando uma nova página na história da PM, assinando essa portaria e criando a Coordenadoria de Educação de Trânsito no âmbito do CPRE e Núcleos nos cinco Distritos de Polícia Rodoviária Estadual do RN.


Após a assinatura da portaria Policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) participaram de um curso de capacitação e multiplicação de instrutores do Projeto, que foi ministrado pelo Major Silva neto, O Cabo Ferreira e o Soldado Noedyson. Para o subcomandante do CPRE, Tenente Coronel Flávio Melo, o projeto é uma saída a média e longo prazo de forma preventiva para amenizar os acidentes de trânsito. 

Com a capacitação dos instrutores, o CPRE quer aumentar ainda mais o número de mais de 5 mil alunos formados. As cidades de Nova Cruz, Pau dos Ferros, Mossoró e Natal irão iniciar as atividades logo após a formação dos instrutores.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Projeto Educação de Trânsito nas Escolas forma mais 40 alunos em Caicó/RN


Na manhã desta sexta-feira (1), o 3º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizou mais uma capacitação do Projeto ‘Educação de Trânsito nas Escolas’. Desta vez, os beneficiados foram 40 alunos do Educandário Santa Terezinha, na Ilha de Sant’Ana, em Caicó. 

A iniciativa leva à sociedade conhecimentos na área da legislação de trânsito e a prática de boas maneiras para as crianças e adolescentes. Na atividade, as crianças participaram de várias simulações na faixa de pedestre e confeccionaram placas de sinalização. 

Estiveram também integrados na ação, diretores e professores daquela unidade de ensino. Na próxima quinta-feira (7) será realizado, em Natal, uma palestra para capacitação dos novos instrutores do projeto nas cidades de Mossoró, Nova Cruz e Pau dos Ferros.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Projeto 'Educação de Trânsito nas Escolas' forma mais 156 crianças em Caicó


Na manhã desta quinta-feira (23), o 3º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizou mais uma capacitação do Projeto 'Educação de Trânsito nas Escolas'. Desta vez, os beneficiados foram 156 alunos do Educandário Santa Terezinha, na Ilha de Santana, em Caicó. A iniciativa leva à sociedade conhecimentos na área da legislação de trânsito e a prática de boas maneiras para as crianças e adolescentes. 

Na atividade desta manhã, as crianças participaram de várias simulações na faixa de pedestre e confeccionaram placas de sinalização. Estiveram também integrados na ação, diretores e professores daquela unidade de ensino. 

As próximas capacitações estão previstas para ocorrerem no mês de agosto, nas cidades de Ipueira e São João do Sabugi.

domingo, 19 de junho de 2016

Mais de 100 autos de infração e 36 veículos apreendidos na operação Trânsito Seguro do 2º GPRE de Currais Novos



O 2º GPRE (Grupamento de Policia Rodoviária Estadual) com sede em Currais Novos, policia de trânsito subordinada ao 3º DPRE em Caicó, vem realizando durante este mês de Junho a operação "Trânsito Seguro" na área do Seridó Oriental, setor que compreende as cidades de Currais Novos, Acari, Lagoa Nova, Cerro Corá, São Vicente, Carnaúba dos Dantas, Parelhas, Equador, Bodó e Santana do Seridó. 

As ações visam fiscalizar as diversas irregularidades divergentes ao CTB - Lei 9.503/97, sempre com o objetivo de disciplinar a livre circulação de veículos e pedestres nas vias rurais e urbanas, para com isso diminuir a incidência de acidentes  automobilísticos na região.

Mesmo com um efetivo bastante aquém do que deveria atuar o grupamento rodoviário, sob o comando do 1º tenente Nascimento desenvolve as operações, que neste mês de Junho já fiscalizou mais de 300 veículos entre carros e motos nas cidades acima citadas.


Até o momento foram confeccionados 144 autos de infração por irregularidades diversas, sendo as principais: condutores sem CNH, licenciamento atrasado, veículos sem equipamentos obrigatórios, falta de placa de identificação, menor ao volante etc. Esses autos resultaram em 36 apreensões de veículos, 35 motocicletas (8 Yamahas, 13 Hondas e 14 Cinquentinhas) e um automóvel, com 6 CNHs e 5 CRLVs recolhidos. Ainda foram feitos 2 (dois) flagrantes por embriagues ao volante, onde os infratores acabaram sendo autuados na delegacia regional de Caicó.

De acordo com o comandante do grupamento as operações continuarão por tempo indeterminado.